22 dezembro, 2011

Três Peguntas do Natal - parte 2

Como Saberei Isto?  

  Lembramos o fato de ele servir como sacerdote na religião judaica. E, em dado momento, ao exercer seu ministério na ordem do seu turno, que lhe coube por sorte, no próprio Templo do Senhor, junto ao altar de incenso, altar da oração, diante do sagrado véu e do Lugar Santíssimo, repentinamente lhe apareceu um anjo. Este lhe anunciou que suas orações foram ouvidas por Deus. Oficialmente a maior oração feita por esse homem era para que viesse o mui esperado Messias.
   Os judeus até hoje formulam a mesma oração junto ao Muro das Lamentações em Jerusalém, como nós mesmos temos presenciado quando ali estivemos visitando. Essa oração agora jáfoi ouvida, pois chagara o momento quando o Messias viria ao mundo. Zacarias também, tinha uma oração particular, de muitos anos. Isto é, que sua esposa Isabel tivesseum filho. Todavia, agora, ela já eramuito velha. Creio, essa oração deviaser bastante "pró-forma", de rotina!
   Mas o anjo lhe disse que Isabel teria um filho. Consolando-o o anjo falou-lhe: Não temas, seu filho será um profeta, um "nazireu", cheio do Espírito Santo. E seu ministério seria o de preparar o caminho para o Messias, através de grandes avivamentos. Seria uma "voz" no deserto, tanto literal como espiritualmente, pois Israel era um "deserto". Essa notícia, portanto, surpreendeu o velho sacerdote. Ele ficou apavorado e perguntou: "Como sabereiisto?" Então, o anjo apresentou-lhe as suas credenciais! Era Gabriel, o anjo imcumbido dos negócios de Israel. Esse anjo, centenas de anos antes já aparecera ao profeta Daniel. Estava agora na missão mais importante de toda sua carreira - a de anunciar neste mundo a vinda do Messias, o Salvador de Israel e do mundo!
   A pergunta de Zacarias revelou grande falta de fé. Ele achou impossível ver sua mulher, com tanta idade, agora, se tornar mãe. Por isso, o anjo lhe avisou que ficariamudo, sem poder falar, a não ser por acenos, enquanto não nascesse o filho prometido.
   Portanto, Deus exigiu de Abraão, de Enoque, de Moisés, de Samuel, de Davi e de tantos outros mencionados no capítulo 11 de Hebreus foi simplesmente à fé! Mais nada! E Deus exige a mesma fé de todos nós! Zacarias necessitava sair de seu profissionalismo, da rotina, e do comodismo e apossar-se do espírito de fé, desses patriarcas de sua religião. Encontra-se, então na fpe a resposta à sua interrogação.
   No reino de Deus tudo é feito pelo poder da fé. "Se tu podes crer, verás a glória de Deus" Sabemos que Isabel concebeu. Ela, na sua velhice, deu à luz ao menino cujo nome era João. Não era nome dessa família, porque o anjo ordenou que assim se chamasse. Tornou-se o grande profeta. Tornou-se o grande precursor de Jesus Cristo.
   Durante esse período quando Isabel aguardava o nascimento do seu bebê, tal fato deve ter sido muito comentado em toda aquela redondeza - o mesmo anjo, Gabriel, apareceu também a uma parenta de Isabel. Seu nome era Maria. Essa donzela, virgem, de ricos dotes espirituais, uma santa mulher, morava em Nazaré, na Galiléia. Já era noiva de um homem carpinteiro, por nome José. Antes de se casarem, o anjo anunciou a ela que fora agraciada por deus e será mãe do Messias (Lucas 1:33). Gabriel explicou que ela conceberia um filho. E lhe daria o nome JESUS. Este seria o Filho de Deus. Ele sentar-se-ia no trono de Davi. Seu reino seria eterno. Contudo, Maria ficou muito assustada. Nunca em toda a história teria sido comunicada uma mensagem semelhante! Foi muito natural que Maria perguntasse:



Continua no próximo post..

Fonte: Mensagens do Missº Lawrence Olson, CPAD, 103 e 104.