23 julho, 2011

A vida - Por: Alison dos Santos

  Duvidas, questões mal resolvidas...
  Amor será?
  Problemas. Por quê? 
 
  Já reparou que todos nós temos quase os mesmos problemas?

  Duvidas.
  O porque de estar acontecendo desse jeito? O que estou fazendo de errado?
  Nós seres humanos nos taxamos por motivos banais por causa de dúvidas que enfrentamos e acabamos achando-nos incapazes de resolver, nos tornando vulneráveis aos problemas da vida que acaba nos desanimando de muitas coisas e muitas vezes acabam desanimando com o dom mais precioso que Deus nos deu... o Amor. Por causa desse desanimo vem a questão: “Por que eu não consigo sentir o amor?” sentimento esse que muitos dizem ser perfeito, o qual a gente tanto deseja. Mas devemos lembrar que estamos rodeados de um imenso amor, o amor de Deus. Que por causa dos problemas da vida, dos problemas no trabalho, do trajeto até em casa e das discussões em família, acabamos não percebendo o Amor de Deus, aquEle que nos proporciona o ar que respiramos, que cuida dos nossos filhos, da família, aquEle que deu o sopro de vida a nós seres humanos.
 
  Problemas. Por que isso deu errado?
  Já reparou que na maioria das vezes somos os somente nós os culpados dos nossos próprios erros? Sim, nós mesmos. Por quê? Simplesmente porque somos nós, eu, você mesmo tomamos decisões não pensando na futura consequencia daquilo que agimos por impulso, agindo com raiva, com pressa, sem pensar. Como num velho ditado: “Toda ação gera uma reação”. Não nos preocupamos com o futuro... Então o que devemos fazer para resolver essas questões e problemas?

  Temos aqui quatro simples soluções que se tornam a essencia para a cura da alma, para a cura da vida:

- Paciencia. Sem ela não somos capazes de parar e pensar uma, duas, ou quantas vezes forem necessárias.
- Sabedoria. Não adianta entender o que é certo ou errado, se na hora de em que precisar usá-la, não ser sábio.
  - Paz. Sem ela é impossível entrar em comunhão com o próximo, evitando brigas e discussões.

  - Deus. É ele que nos dá a paciência, a sabedoria, a paz e tudo o que for necessário para nos fazer feliz.



Alison dos Santos.
Camboriú, 06 de Julho de 2011.